11 maio, 2011

Leitura e compreensão - 4° ano

O jabuti e a onça

Certa vez, o jabuti pegou a sua gaita e tocou assim:

___O osso da onça é a minha gaita ih,ih,ih,...

A onça, que passava por perto, ficou irritada e correu para pegá-lo.Mas o jabuti meteu-se num buraco adentro e a onça só conseguiu agarrar-lhe a perna.

O jabuti deu uma risada e disse:

___Pensa que agarrou minha perna? Agarrou uma raiz de pau!

A onça largou então a perna do jabuti, que deu uma segunda risada:

___Ora, dona onça, de fato você agora soltou a minha perna.

A grande tola, ao saber disto, ficou furiosa e durante muito tempo esperou o jabuti sair. Mas o jabuti, que era muito paciente, foi ficando, foi fiando, até a onça desistir e ir embora.

Sìlvio Romero.

1) Compreendendo o texto:

a) Onde se escondeu o jabuti, para fugir da onça?

______________________________________________________

b) Qual o animal mais esperto da história? Justifique:

______________________________________________________

c) Por quanto tempo a onça esperou que o jabuti saísse do buraco?

______________________________________________________

d) Quem são os personagens da história?

______________________________________________________

e) Qual a moral da fábula?

_______________________________________________________



2) A ideia central do texto é:

( ) Um jabuti deixou uma onça furiosa, mas conseguiu enganá-la e livrar-se dela.

( ) Uma onça esperou muito tempo que um jabuti saísse de um buraco.



3) Relacione as palavras abaixo, de acordo com o sentido:

Irritado soltar

Largar bobo

Tolo zangado

Desistiu desanimou



7) Ligue a cada personagem as suas qualidades:

Paciente



Tola



Esperto



Irritada



Furiosa



8)Substitua as palavras grifadas por um sinônimo:

a) A onça largou o jabuti e ficou irritada:

__________________________________________

b) A onça largou então a perna do jabuti, que deu uma segunda risada:

____________________________________________

9 Coloque as palavras abaixo em ordem alfabética.
Agora, dentro, buraco, dado, correu, esperou, gaita, fato.

Um comentário: